O futebol é um fenómeno com grande impacto tanto na sociedade como no panorama desportivo actual. Enquanto jogo desportivo colectivo encerra um enorme potencial educativo e formativo, podendo constituir-se como matéria de ensino e treino.

Para o ensino do futebol, torna-se necessário proceder a uma análise estrutural do jogo, no sentido de compreender melhor as relações que se estabelecem.

"O futebol é um jogo de oposição entre os jogadores de duas equipas e, simultaneamente, um jogo de cooperação entre elementos da mesma equipa que procuram, a todo o momento, a adopção de comportamentos adequados, por forma a alcançarem os objectivos do jogo, isto é, a finalização ou impedir a finalização. " (Pacheco, 2001)

Assim, para todas as aulas é elaborado o respectivo plano de aula, onde os conteúdos a abordar e os exercícios propostos atendem às características específicas de cada grupo de trabalho e sua etapa de aprendizagem.

QUE FORMA PARA O ENSINO DO JOGO?

O Futebol é um jogo que evidencia uma estrutura complexa dado que o jogador tem que se relacionar ao mesmo tempo, a sua posição no terreno de jogo, face a posição da bola, dos colegas, adversários e das balizas.
Garganta (1994) refere, que até chegar ao jogo formal há um conjunto de problemas para resolver e passíveis de hierarquização, em função dos elementos do jogo: jogador, bola, balizas, colegas e adversários.

Deve então o ensino do futebol processar-se por etapas de complexidade crescente, sem contudo provocar a divisão do jogo em elementos (passe, a condução...), mas antes integrando níveis de relação cada vez mais complexos em função dos diferentes elementos do jogo (bola, balizas, colegas, adversários).

1º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA (EU E A BOLA)

2º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA E COM A BALIZA (EU, A BOLA E A BALIZA)

3º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA, COM A BALIZA E COM O ADVERSÁRIO (DUELO 1 X 1)

4º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA, COM A BALIZA, COM O COMPANHEIRO E COM O ADVERSÁRIO (O JOGO A 2)

5º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA, COM A BALIZA, COM OS COMPANHEIROS E COM OS ADVERSÁRIOS (O JOGO A 3)

6º ETAPA – RELAÇÃO DO JOGADOR COM A BOLA, COM A BALIZA, COM OS ADVERSÁRIOS E COM A EQUIPA (O JOGO A 7)